Você está aqui : Início » Saiba como identificar sintomas de depressão no trabalho e como se prevenir

Promoção disponível acaba em:

Horas
Minutos
Segundos

Encontre agora o plano ideal:

SAIBA COMO IDENTIFICAR SINTOMAS DE DEPRESSÃO NO TRABALHO E COMO SE PREVENIR

A depressão tem sido a doença mais diagnosticada no século 21, veja como combater isso.

GARANTA SEU DESCONTO DE 40% NA MIGRAÇÃO PARA UM NOVO PLANO

Sobre a Empresa

A carreira profissional, por diversas vezes, acaba exigindo de nós muito esforço e dedicação, no entanto, muitos não acabam sabendo lidar justamente com a pressão que é exigida por qualquer setor, por isso, muitas vezes, o profissional acaba não identificando a depressão no trabalho.

Os problemas relacionados à administração do tempo, tarefas diárias, busca por resultados positivos, acaba exigindo concentração e ocasionando estresse que é desencadeado pela má administração do seu tempo, gerando circunstâncias negativas, o que demanda uma pressão psicológica contra nós mesmos.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde) estima que neste ano de 2020, a depressão será o 2° maior motivo que afastará o profissional do trabalho e terá possibilidade de aumentar com o passar dos anos.

O QUE É A DEPRESSÃO?

Segundo o artigo do portal do Doutor Drauzio Varella “Depressão (CID 10 – F33) é uma doença psiquiátrica crônica e recorrente que produz uma alteração do humor caracterizada por uma tristeza profunda, sem fim, associada a sentimentos de dor, amargura, desencanto, desesperança, baixa autoestima e culpa, assim como a distúrbios do sono e do apetite”.

Embora muitos pensam que é uma frescura da pessoa, falta do que fazer, ou uma brincadeira, não é. A depressão é uma doença séria que também leva muitas pessoas a cometerem suicídio, principalmente quando está em um estágio avançado da doença, na qual, a pessoa fica totalmente deprimida e perde as totais razões pela qual ela existe.

A depressão tem cura, mas é preciso que a pessoa saiba identificá-la e procurar ajuda psicológica ou psiquiatra. Ela está relacionada a inúmeros fatores, como, por exemplo, a depressão no trabalho, está relacionada à sua rotina, pressão, se sentindo incapaz de entregar as tarefas dentro do prazo, entre outros fatores que podem estar ligados.

POR QUE A DEPRESSÃO ATINGE AS PESSOAS MAIS JOVENS?

Não existe uma causa definitiva, mas a depressão tem uma combinação de diversos fatores. Ao chegar na carreira profissional, muitos podem se sentir incapazes de exercer suas funções, ou não saberem administrar o seu tempo.

Por isso, aqueles que não sabem lidar com suas tarefas, principalmente quando são jovens na área, é comum sentir ansiedade e estresse, mas, devemos lembrar que a empresa também tem um papel fundamental para que isso não aconteça e fazer com que o colaborador saiba lidar com suas funções e que não se sinta pressionado ao extremo.

TRISTEZA ASSOCIADA A DEPRESSÃO

Quando a pessoa está com depressão, na maioria das vezes, a tristeza domina, de fato. Mesmo que não haja motivos para se sentir triste, ela sente. O humor é atingido de uma maneira que, se não souber lidar, a tristeza pode durar por dias, meses, ou até anos. 

Se a pessoa em seu ambiente de trabalho era feliz com que fazia, a partir do momento que fica depressiva, suas tarefas diárias passam a não dar mais prazer e muito menos significar alguma coisa.

Neste momento, a pessoa se sente infeliz, quer ficar sozinha, no seu canto, sem ao menos falar com alguém, e passa a não ser mais produtiva como era, entretanto, tudo vai depender de quais são os sintomas que ela enfrenta.

A OMS, precaveu que, até 2030, o distúrbio pode vir a se tornar o mais comum em todo o mundo, pois, a depressão tem sido uma doença que incapacita o portador, atingindo cerca de 350 milhões de pessoas no mundo todo. A depressão pode ser distinguida em diferentes graus: leve, moderado e grave.

FISIOPATOLOGIA DA DEPRESSÃO

Você já deve ter ouvido dizer que, nosso cérebro comanda todo o nosso corpo e temos sentimentos básicos que por ele são representados, tais como alegria, tristeza, raiva, medo, nervoso, nojo, etc). 

A partir do momento que a tristeza entra em cena, o cérebro só recebe comando dela, desta forma, a alegria, felicidade não consegue dominar a situação, dando interferência nos sentimentos que essa pessoa a ter.

Para que você entenda, o nosso cérebro utiliza um sistema chamado neurotransmissor que possui neurônios, produzindo substâncias que são ativadas quando identificam algo, ou seja, a substância que recebemos envia informações para outras células.

Isso acontece com drogas, por exemplo. A química quando entra em contato com o organismo, ativa os neurônios, produzindo a substância do prazer, da euforia, assim como no caso da depressão, os principais neurotransmissores são a serotonina e a noradrenalina. 

Portanto, quando há um desequilíbrio emocional na produção dessas substâncias, a depressão se instala, fazendo com que a pessoa tenha os sintomas.

CAUSAS GENÉTICAS PODEM DESENCADEAR A DEPRESSÃO?

Um estudo publicado em 2018 pela Nature Genetics, na qual, cientistas encontraram 44 genes associados à depressão, os cientistas alegaram que a genética pode ser uma causa, mas não determina. 

Em casos mais severos, a hereditariedade tem um peso de 40% a 50% e outros fatores genéticos como estresse forte ou a perda de um ente, ou alguém próximo, também podem desencadear a depressão.

COMO O AMBIENTE DE TRABALHO PODE DESENCADEAR A DEPRESSÃO?

Como mencionamos no começo deste artigo, a depressão no trabalho pode desencadear quando o profissional sofre muita pressão psicológica, como o prazo curto de tarefas que precisam ser entregues com antecedência, ou aquelas que exige mais de esforço, pode fazer com que a pessoa se sinta saturada, ainda mais aquelas que sofrem de ansiedade.

Pessoas que sofrem de ansiedade e estresse ou que possuem genética para desenvolver a depressão, pode estar mais vulneráveis a essas condições, principalmente em empresas que trabalham sob forte pressão.

A empresa não será o único motivo para que isso aconteça, embora ela tenha maior peso, mas relações sociais ou amorosas também pode fazer com que a pessoa tenha depressão quando menos esperar.

QUAL O PAPEL DO RH?

O papel do RH é fundamental para qualquer tipo de empresa, seja ela pequena, média ou de grande porte. Líderes e colaboradores precisam agir em parceria, e o gestor tem o papel principal de amenizar essas crises quando acontecer.

Por isso, o gestor deve sempre conversar com seus colaboradores e ser participativo nas tarefas, bem como na colaboração de aprendizagem e auxílio em alguma tarefa nova destinada.

O diálogo entre o representante da empresa e os colaboradores, é fundamental para que se tenha um ambiente mais harmonioso, e deve promover a valorização dos colaboradores, tanto para saúde física e mental.

Promover programas de conscientização da depressão, pode ser uma maneira de evitá-la, bem como projetos que tenha participação de todos os colaboradores, para que tenham um desenvolvimento profissional e pessoal.

A vida de cada colaborador não resulta em representar somente a imagem de empresa, mas sim de que é fundamental cuidar e saber da vida de cada um, não de forma invasiva, mas de uma maneira que o seu colaborador possa se sentir acolhido dentro do ambiente onde trabalha.

QUAIS SÃO OS SINTOMAS DA DEPRESSÃO NO TRABALHO?

A mudança de comportamento é o ponto-chave para que se entenda que algo não está bem com o seu colaborador, principalmente quando é uma pessoa muito ativa e, de repente, muda seu humor.

Outros fatores como o desempenho, também pode ser percebido. Se é uma pessoa muito produtiva e de repente seu trabalho passa a ficar atrasado, algo está acontecendo, ou se o colaborador não sabe muito lidar com os demais integrantes da equipe.

A avaliação de desempenho pode ser aplicada e orientação sobre a doença para que todos possam ter ciência e em caso de algum problema, possam reportar ao gestor para que isso seja solucionado, ou até mesmo identificar características que algum colega de trabalho possa desenvolver.

Alguns sintomas para descobrir a depressão podem estar sujeitos, geralmente, acomete a maioria das pessoas, mas outras, podem agir de forma moderada ou até mesmo nem demonstrar todos. Veja quais são:

  • agressividade;
  • cansaço excessivo;
  • dificuldade de concentração;
  • dificuldade em relações com os colegas de trabalho;
  • falta de motivação;
  • indecisão;
  • insatisfação crônica: nada está bom ou não tem graça;
  • irritabilidade;
  • picos de alegria;
  • reclusão e introspecção;
  • tristeza constante e pode chegar a ser profunda;
  • queda drástica na produtividade.

 

Lembrando que somente um profissional pode diagnosticar a doença, pois, como mencionamos, nem todo mundo tem os mesmos sintomas, muito menos se abrem aos seus colegas sobre os problemas pessoais.

COMO CAPACITAR O GESTOR DA SUA EMPRESA?

É importante que os gestores estejam capacitados para que saibam identificar qualquer problema que haja dentro do ambiente de trabalho. Lembrando que há também líderes que podem ser tóxicos que podem ativar o gatilho da depressão.

Por isso, deve ser lembrado que muitas vezes, o próprio líder da equipe pode prejudicar seu colaborador, com assédios morais, danificando todo o comportamento do colaborador, fazendo até mesmo com que ele se ausente, gerando um absenteísmo.

Por isso, é muito importante ter um bom relacionado com toda a equipe, pois os líderes estão por dentro das mudanças que acontecem dentro do ambiente corporativo, principalmente na mudança de comportamento ou performance dos seus colaboradores. Veja como isso pode mudar:

  • crie grupos para compartilhar experiências;
  • estimule o diálogo aberto com toda a equipe e a importância de manter a saúde mental em dia;
  • realize treinamentos sobre perfis comportamentais;
  • realize feedbacks diários ou semanais.

QUAIS DICAS PARA PREVENIR A DEPRESSÃO NO TRABALHO?

O ambiente de trabalho deve ser harmonioso e sem muita pressão, principalmente quando algum colaborador possa desenvolver algum pico da depressão. Estimule vibrações positivas e leve-os como um belo time. Veja quais dicas selecionamos:

FLEXIBILIZE A ROTINA

Você pode ajudar flexibilizando a rotina do trabalho, criando um ambiente agradável e acolhedor, mantendo uma flexibilidade a partir de:

  • desenvolver programas de saúde e bem-estar;
  • estabelecer um dia de home office por semana para todos os colaboradores;
  • influenciar a prática de esportes;
  • trabalhar com banco de horas, se sua convenção permitir.

OFEREÇA AJUDA ESPECIALIZADA

O RH tem um papel fundamental na identificação da depressão no trabalho, no entanto, o tratamento não é função do profissional e sim de uma pessoa especializada nisso, a não ser que o gestor do RH tenha formação em psicologia, por exemplo.

Lembre-se que o RH não deve desenvolver sessões de terapia no ambiente de trabalho, mas, pode fazer com que o colaborador se abra para que tome um passo a partir disso, para procurar uma ajuda qualificada.

Quando identificado, o gestor pode procurar uma ajuda profissional, ou até mesmo desenvolver um programa dentro da empresa, desde que tenha permissão, com um dia selecionado na semana para atendimento psicológico, bem como aqueles dias de SPA que algumas empresas oferecem aos seus colaboradores, geralmente, o dia selecionado, é às sextas-feiras, pois, o fluxo de trabalho tende a ser menor.

TORNE O AMBIENTE AGRADÁVEL

Ajude seus colaboradores a se sentirem motivados e inspirados, certifique-se de que não há toxicidade no trabalho por parte de algum membro, nem tolere assédios, bullyings e nem falta de respeito, independente do grau hierárquico.

Preste atenção em como os líderes se relacionam com os profissionais para que possa identificar alguma intercorrência. O assédio pode vir tanto do líder, quanto de um outro colaborador, podendo evoluir os distúrbios psicológicos, como a ansiedade, o estresse e a depressão.

Dicas como essas pode ajudar seu colaborador a se sentir mais saudável e até mesmo procurar ajuda médica, sendo um papel fundamental para que não venha sofrer posteriormente e tratando a doença logo de início.

Promoções mensais com até 50% de desconto

Fale agora com um especialista em plano de saúde

Clique e consulte os preços do seu novo plano de saúde

Garanta até 50% de Desconto

Preencha o formulário e garanta até 50% de desconto na contratação do seu novo plano de saúde:

Mídias Sociais

MEI
MEI

Solicite o contato de um corretor via WhatsApp

QSAÚDE COM MÉDICOS DA CLÍNICA EINSTEIN A PARTIR DE R$246,39!

Compartilhar:

WhatsApp
Telegram
Email
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Outras postagens