Você está aqui : Início » Como reduzir a mensalidade do plano de saúde

Promoção disponível acaba em:

Horas
Minutos
Segundos

Encontre agora o plano ideal:

COMO REDUZIR A MENSALIDADE DO PLANO DE SAÚDE

Ao contratar o plano de saúde, independente da operadora que seja, lidamos com alguns reajustes que são feitos anualmente, como, por exemplo, o reajuste realizado no aniversário do contrato e pela faixa etária do beneficiário. 

GARANTA SEU DESCONTO DE 40% NA MIGRAÇÃO PARA UM NOVO PLANO

Sobre a Empresa

Isto tem dado muita dor de cabeça em muitas pessoas, ainda mais quando o plano é considerado o mais “top” do mercado. Se o beneficiário já paga um valor alto, com o reajuste, fica ainda um pouco mais caro, o que é considerado por muitos, abusivo.

Desta forma, os beneficiários acabam recorrendo aos seus direitos, devido ao alto reajuste que é feito, processando até a operadora em que ele tem vínculo de contrato, caso ela se recuse a diminuir o valor. 

Em maio de 2018 e até abril de 2019, novas regras foram inseridas sobre o plano de saúde e o beneficiário precisa se atentar a isso. As regras são instauradas pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), devendo a operadora não ultrapassar do limite. 

Mas, você consegue reduzir a mensalidade do plano de saúde sem ter que partir para um processo judicial e tendo que gastar dinheiro com advogado, por exemplo.

QUERO REDUZIR A MENSALIDADE DO MEU PLANO DE SAÚDE, O QUE FAZER?

Você que possui plano com coparticipação, por exemplo, paga um pouco mais barato na mensalidade, mas, paga uma porcentagem por cada procedimento que fizer. A ANS estipulou que as operadoras passem a cobrar a taxa de 40%, anteriormente era de 30%.

Uma opção também é migrar de um plano individual e familiar, para um plano empresarial. É possível fazer isso, desde que tenha um CNPJ ou tenha vínculo com alguma entidade, ou associação.

Desta forma, você pode incluir os membros da sua família e pagar um preço mais acessível, pois, planos PME têm preços mais em conta do que o plano individual. 

Mas, e se eu já tenho um plano com coparticipação, o que será feito? 

Algumas operadoras estão aplicando os 40% de taxa, mas diminuem o valor da mensalidade para que não fique tão caro o valor do plano. Outras, preferem manter a taxa de 30%.

Caso você esteja em tratamento e seu plano tem a opção com coparticipação, você pode pensar da seguinte forma:

Quanto gastei nos últimos 12 meses com procedimentos realizados em meu plano de saúde?

Caso você utiliza o plano uma vez ou outra, para exames periódicos, ainda fica válido a opção com coparticipação, por ser um preço mais acessível. 

Quem escolhe o plano sem coparticipação, já paga um valor diferenciado do com, e esse valor será pago todo mês, mas, tem cobertura completa dos procedimentos, mesmo utilizando ou não.

E SE EU MUDAR DE OPERADORA PARA REDUZIR A MENSALIDADE DO PLANO DE SAÚDE?

Você pode fazer isso. Mas, é preciso fazer uma análise entre as diversas operadoras que oferecem planos, coberturas e benefícios e você possa precisar.

Quem utiliza o plano com frequência e a operadora aplicou a taxa de 40%, talvez não seja tão vantajoso mudar de plano, pois o que você está buscando é a redução de custo da mensalidade.

A não ser que seja oferecido um plano de saúde diferente com o valor mais atrativo que o atual, dessa forma você pode cogitar a ideia de mudar de plano. 

Pense com calma e veja tudo que é oferecido pelo seu plano de saúde e reveja o que você utilizou nos últimos 12 meses, além de analisar o que de fato é relevante ou não.

READEQUAÇÃO DO MEU PLANO DE SAÚDE

Você sabia que tem a opção de readequar seu plano de saúde? Sim, isso é possível! Algumas operadoras não podem avisar sobre essa função, mas se, caso tenha algum benefício, cobertura ou qualquer outro diferencial que seja oferecido e que você não faz a utilização, você pode pedir para que seja retirado.

Você também pode mudar de plano dentro da mesma operadora. Nesse caso, terá de entrar em contato e falar com algum consultor e saber quais planos são oferecidos e escolher um que caiba no seu bolso e que atenda suas reais necessidades.

O que pode acontecer também, é a mudança de acomodação. Você que tem um plano que oferece acomodação para apartamento, pode mudar para a enfermaria. Mas, isso só pode ser feito no período de 12 meses de permanência no plano.

O plano que oferece acomodação para apartamento é um pouco mais caro, mas, os beneficiários acabam optando pela acomodação por ser privada e oferecer um conforto melhor. 

Entretanto, dependendo da operadora, você pode negociar a mudança se ainda não tiver permanência de 12 meses no plano. 

QUAL OUTRA MANEIRA O MEU PLANO DE SAÚDE PODE HAVER AUMENTO?

Para planos empresariais, o titular da empresa pode sofrer alguns sustos em relação ao aumento da mensalidade do seu plano empresarial, na hora da renovação do contrato.

A sinistralidade é um cálculo realizado pela operadora anualmente entre o custo e a receita do plano empresarial. Isto é, quantos procedimentos são realizados por colaboradores daquela empresa e quais foram os custos da operadora com esses procedimentos?

Existem algumas pessoas que aproveitam do plano de saúde oferecido pela empresa e acabam abusando do uso dos procedimentos, como no caso de consultas e exames de forma desnecessária, porém, essa prática pode acarretar no aumento da mensalidade do plano empresarial quando chegar o dia da renovação.

A sinistralidade ocorre quando a operadora faz um relatório dos procedimentos que foram realizados por determinada empresa e calculam o custo que tiveram com os procedimentos realizados, dependendo da quantidade, a sinistralidade é aplicada. 

O gasto com cada procedimento são somados e o resultado é dividido pelo valor pago pela empresa à operadora. Após ser feito o cálculo, o valor é multiplicado por 100 e convertido em taxa de porcentagem.

PROGRAMAS DE PREVENÇÃO

Para a diminuição da sinistralidade e de outros custos aplicados ao plano de saúde, a operadora pode oferecer programas preventivos à saúde de seus beneficiários, para que se cuidem e não tenham problemas agravantes futuramente. 

Essa técnica também auxilia na diminuição dos custos, ainda mais em situação de doenças que exigem um tratamento mais rigoroso e acompanhamento médico. 

Os programas são bons tanto para a operadora, quanto para o beneficiário, pois, se ele tiver um cuidado maior com a saúde, não precisará se dirigir à hospitais e laboratórios com frequência, somente periodicamente, como no caso de check-ups que precisam ser feitos a cada seis meses, pelo menos. 

As empresas também podem orientar seus colaboradores a não abusarem tanto do plano e fazer a utilização só quando for realmente necessário. Pois, se o plano empresarial possui coparticipação, o custo também será dos colaboradores, pois eles que pagam pela taxa. 

Está tendo problema com o valor do seu plano de saúde? Solicite um orçamento conosco e conheça todos os planos que oferecemos e todas as opções de contratação.

Promoções mensais com até 50% de desconto

Fale agora com um especialista em plano de saúde

Clique e consulte os preços do seu novo plano de saúde

Garanta até 50% de Desconto

Preencha o formulário e garanta até 50% de desconto na contratação do seu novo plano de saúde:

Mídias Sociais

MEI
MEI

Solicite o contato de um corretor via WhatsApp

QSAÚDE COM MÉDICOS DA CLÍNICA EINSTEIN A PARTIR DE R$246,39!

Compartilhar:

WhatsApp
Telegram
Email
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Outras postagens