Para contratar um novo seguro, realizamos sua migração de plano de forma prática e segura.

A oferta de 40% de desconto na migração é especial para clientes que desejam cancelar e migrar para um novo plano.

*A campanha é válida até o final do dia de hoje.

Saiba tudo sobre esse documento importante para quem deseja trocar de plano!

Muitos beneficiários não sabem o quanto a carta de permanência Memorial Saúde é importante, não só porque ela ela traz informações primordiais como por exemplo, o tempo em que o beneficiário permaneceu no plano, mas quando o cliente solicita a carta de permanência Memorial Saúde pode até conseguir redução de carências com a nova operadora. 

Mas quando solicitar a carta de permanência Memorial Saúde ? Geralmente, esse documento é solicitado quando o cliente deseja trocar de plano por meio de uma portabilidade ou migração. O mais recomendado é solicitá-la enquanto o plano estiver ativo, isso porque a maioria das operadoras compram as carências no máximo até 30 dias após o cancelamento do mesmo. 

Nós da Compare Seguros, sabemos que nem sempre é fácil entender sobre a documentação de um plano de saúde, por isso queremos te ajudar para que você entenda melhor sobre o que é carta de permanência  Memorial Saúde, para que ela serve e um passo a passo para solicitá-la de onde você estiver. 

Sabemos também que é normal após um longo período de de permanência no plano, a gente esquecer de fazer as contas e ver se ele continua sendo vantajoso. Então porque continuar pagando por um serviço que você não usa ou que não atende mais às suas necessidades atuais ? Um convênio médico deve ser um investimento e vantajoso para você e seus dependentes. 

Citamos a portabilidade e a migração na hora de trocar de plano de saúde, mas se você não sabe como essas modalidades funcionam, certamente é porque essa é a primeira vez que você troca de plano, mas fique tranquilo porque tudo será explicado no tópico a seguir. Saiba que se quiser suas carências reduzidas, em ambas a carta de permanência Memorial Saúde será necessária.

GARANTA SEU DESCONTO DE 40% NA MIGRAÇÃO PARA UM NOVO PLANO

Entendendo a Portabilidade e a Migração e como a carta de permanência Memorial Saúde é utilizada

A migração é a modalidade mais comum usada para trocar de convênio médico, através da migração o beneficiário solicita a carta de permanência Memorial Saúde e logo após estar em posse do documento, negocia diretamente com a nova operadora que deseja migrar.

Com relação a portabilidade é um pouco diferente porque neste caso, o titular do plano de saúde não faz a negociação diretamente com a nova operadora mas e sim no site da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), seguindo todas as estabelecidas pela mesma, onde após a apresentar a carta de permanência Memorial Saúde  a portabilidade das carências que já foram cumpridas podem acontecer.

Para qualquer uma das modalidades de troca, o ideal é que a carta de permanência Memorial Saúde seja solicitada antes do cancelamento do plano, caso contrário o beneficiário até consegue fazer a portabilidade ou a migração, mas não terá a possibilidade de ter as carências reduzidas no plano atual.

Como saber se minhas carências já foram cumpridas para utilizar a carta de permanência Memorial Saúde na nova operadora ?

A carência, nada mais é do que um prazo estabelecido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar- ANS  no qual o beneficiário deve esperar um tempo para utilizar por alguns serviços do plano de saúde, mesmo pagando as mensalidades. O período de carência deve ser respeitado. 

Por isso a carta de permanência Memorial Saúde é importante, nela consta por quanto tempo o beneficiário esteve ativo no plano e se as carências já foram cumpridas para que as mesmas sejam reduzidas na nova operadora, dessa forma o beneficiário fica isento de cumprir o período completo das carências. 

Por ser um prazo estabelecido pela ANS, todos os planos possuem carências iguais, o que pode acontecer é alguns planos diminuírem período dessas carências, o correto é que o prazo de carência nunca seja ultrapassado mas pode ser diminuído, mais um motivo para o contrato de adesão ser lido atentamente. Veja na tabela a seguir quais são os prazos estabelecidos para operadora Memorial Saúde: 

Procedimentos 

Carência Contratual

Cobertura em Remoção após atendimento classificado como Urgência/Emergência, quando necessário a internação em Hospital Público

24 horas

Consultas Ambulatoriais.

Procedimentos Auxiliares Ambulatoriais: Nebulizações, Lavagem Auricular, Suturas de Ferimentos, Drenagem de Abscessos.

7 dias

Exames Complementares Ambulatoriais: Exames de Laboratório, Eletrocardiograma Convencional. Atendimento Médico Domiciliar. Aconselhamento Médico Telefônico.

30 dias

Exames Complementares Ambulatoriais: Raio X Simples, Colposcopia, Colpocitologia e Preventivo do Câncer Ginecológico.

60 dias

Fisioterapia, Infiltrações, Pequenos Procedimentos Cirúrgicos Ambulatoriais, Testes Alérgicos, Provas Imunoalérgicas, Ultra-sonografia e Audiometria.

 120 dias

Endoscopia, Ecocardiograma, Raios X Contrastado, Holter, Mapa, Teste Ergométrico, Eco Doppler, Neurofisiologia, Prova de Função Respiratória, Mamografia e Exames de Anatomopatologia.

150 dias

Parto a termo

300 dias

Exames/Tratamentos Especiais de Alta Complexidade Ambulatoriais

180 dias

Agora que você já sabe sobre as carências do plano e como a carta de permanência Memorial Saúde atua na redução das mesmas, deve estar se perguntando sobre as multas ou taxas para a rescisão de contrato, afinal a operadora pode cobrá-las ? Entenda mais no tópico a seguir.

Mesmo com a carta de permanência Memorial Saúde, multas rescisórias podem ser cobradas ?

Alguns beneficiários querem mudar de plano de saúde, antes do tempo de permanência mínima ter sido cumprido e logo vem a dúvida, a operadora tem o direito de cobrar multa na rescisão de contrato ? Pode sim e a seguir você pode saber melhor quais são esses valores. 

Via de regra, o tempo mínimo estabelecido pelas operadoras é de 12 (doze) meses, contados desde a contratação do plano de saúde. Ainda assim, mesmo sem o cumprimento mínimo do período estabelecido e tendo em mãos a carta de permanência Memorial Saúde, o beneficiário pode sair do plano. 

Mas é bom estar ciente de que a operadora Memorial Saúde tem o direto cobrar multa de rescisão contratual equivalente ao valor das mensalidades restantes ou até 3 (três) vezes o valor da média das faturas emitidas no período em que o contrato do plano já esteve ativo. 

Estando ciente dos valores a serem aplicados na rescisão contratual, acompanhe o passo a passo no tópico a seguir ensinando como solicitar a carta de permanência Memorial Saúde de forma simples e prática, veja:

Carta de permanência Memorial Saúde, saiba o que fazer para solicitar o documento:

Primeiro: Tenha em mãos seus documentos pessoais e carteirinha do convênio.

Segundo: Acesse Memorial Saúde/fale-conosco e no tópico assunto, selecione a opção : Autorização.  

Terceiro: Preencha os dados corretamente e em mensagem, faça a solicitação da carta de permanência Memorial Saúde. 

Quarto: Agora é só aguardar o retorno da operadora com a carta de permanência Memorial Saúde. 

Agora que você já aprendeu como solicitar a carta de permanência Memorial Saúde, é importante ressaltar que esse documento só pode ser solicitado junto a operadora antes de cancelar o plano de saúde para que você não perca o benefício de redução de carência. 

Mas caso você ainda tenha ficado com alguma dúvida ou está de com dificuldade para realizar o processo de solicitação da carta de permanência Memorial Saúde entre em contato através do WhatsApp: (11) 973748801 e fale com um de nossos consultores que sempre estão prontos para te atender.

Qsaúde com médicos da Clínica Einstein a partir de R$246,39!